Willkommen auf den Seiten des Auswärtigen Amts

Estudar na Alemanha – uma boa escolha

Artigo

La bibliothèque philologique de l'université libre de Berlin (© picture-alliance/dpa)
La bibliothèque philologique de l'université libre de Berlin© picture-alliance/dpa

Estudar e fazer pesquisa no estrangeiro? E por que não na Alemanha, no país das ideias! Muitas inovações, uma crescente internacionalidade e um fomento intenso da pesquisa de ponta têm sido as marcas registradas do ensino superior alemão. Em decorrência da Reforma de Bolonha, vários cursos superiores foram redesenhados e conferem graus internacionalmente reconhecidos de bachelor, master e doutoramento, e a reforma ainda não foi totalmente concluída. Também há vários cursos ministrados unicamente em inglês, dirigidos principalmente aos estudantes internacionais.

Amphitéâtre d'une université allemande (© dpa/picture-alliance)
Amphitéâtre d'une université allemande© dpa/picture-alliance

Em 2005, foi lançada a Iniciativa de Excelência idealizada e financiada pelo Governo Federal. Trata-se de um concurso[.4] para instituições de ensino superior para premiar Clusters de Excelência e algumas Escolas Interdisciplinares de Doutorandos em alguns casos, universidades inteiras recebem fomento com base na sua estratégia de futuro em matéria de desenvolvimento da pesquisa de ponta . Ao total, é disponibilizado um financiamento de cerca de 2,7 bilhões de euros a fim de fortalecer ainda mais a excelência na Alemanha. A Iniciativa de Excelência teve uma nova edição: em 2012, 45 Escolas Interdisciplinares de Doutorandos e 43 Clusters de Excelência foram contemplados com verbas por um período de cinco anos. Além disso, onze instituições de ensino superior conseguiram convencer com a sua estratégia de futuro. São elas: a Escola Superior Técnica da Renânia-Vestefália em Aachen (RWTH Aachen) , a Universidade Livre de Berlim (FU Berlin), a Universidade Humboldt de Berlim (HU Berlin), a Universidade de Bremen, a Universidade Técnica de Dresden (TU Dresden), a Universidade de Heidelberg, a Universidade de Colônia, a Universidade de Konstanz, a Universidade Ludwig Maximilian de Munique (LMU München), a Universidade Técnica de Munique (TU München) e a Universidade de Tübingen.O ensino superior da Alemanha é diversificado

Em toda a Alemanha, há muitas oportunidades de estudo superior de excelente qualidade que correspondem aos interesses e às necessidades individuais dos candidatos. 376 universidades, escolas superiores técnicas e escolas superiores de arte, de pedagogia, de teologia ou de administração oferecem uma ampla gama de disciplinas e cursos superiores. Há cursos de todos os matizes em todas as áreas do conhecimento, sejam elas ciências da linguagem, da mídia, estudos culturais, direito, economia, ciências sociais, artes, música, teatro, design, medicina, agronomia, silvicultura, economia doméstica ou nutrição. Na área da engenharia e das ciências exatas, uma associação privilegiada de nove instituições de ensino superior com foco em tecnologia – as assim chamadas “TU9” – oferecem uma formação de excelente qualidade, sobretudo nas áreas MINT (Matemática, Informática, Ciências Naturais e Tecnologia).

Diferentes bolsas podem ajudar

A instituição mais importante para ajudar a organizar e financiar um estudo ou um estágio de pesquisa na Alemanha é o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD). O DAAD é a maior organização de fomento de intercâmbio internacional de estudantes e jovens ciêntistas do mundo. Em 2011, o DAAD concedeu mais de 40.000 bolsas a estudantes estrangeiros que foram para a Alemanha. Oferece um grande leque de programas de fomento a estrangeiros interessados em realizar seu projeto de estudo na Alemanha de maneira focalizada e segundo os seus interesses individuais. Além do clássico programa de bolsas de doutoramento, são oferecidas bolsas para estágios de pesquisa de curta duração, bolsas de um ano, de um semestre e para períodos mais curtos. Várias outras fundações também concedem bolsas a candidatos que são selecionados segundo seus próprios critérios e focos temáticos.

Para início da página