Willkommen auf den Seiten des Auswärtigen Amts

Transição energética internacional

Artigo

A eficiência energética, as energias renováveis e o abandono da energia nuclear - são estes os principais pilares da política energética alemã.

A eficiência energética, as energias renováveis e o abandono da energia nuclear - são estes os principais pilares da política energética alemã. Através da chamada transição energética, a Alemanha quer tornar o seu fornecimento de energia mais sustentável, respeitador do clima e fiável.

Projeto pioneiro: transição energética

Está previsto que até 2022 todas as centrais nucleares alemãs estejam desativadas. Até 2050, tendo o ano de 2008 como referência, o consumo de energia na Alemanha deverá passar para metade e 80 % da produção de energia deverá ter origem em fontes renováveis, como o sol, o vento e a água. A Alemanha contribui, assim, decisivamente para a proteção do clima e dos recursos, enquanto aumenta a segurança no fornecimento de energia, ao tornar-se menos dependente da importação de combustíveis fósseis. Graças à sua experiência na transição energética, a Alemanha é um interlocutor privilegiado no âmbito da política energética internacional. Na implementação da sua política energética, outros países podem beneficiar com o sucesso e as estratégias da Alemanha, bem como com os ajustamentos que efetuou.

O Ministério Federal das Relações Externas e as representações diplomáticas alemãs no mundo apoiam esta troca de experiências e o diálogo sobre a política energética internacional. Em nome do Governo Federal, promovem no plano internacional uma política energética mais sustentável, nomeadamente, no âmbito da União Europeia ou das Nações Unidas.

Cooperação a nível europeu

A transição energética apenas pode ter sucesso se for alicerçada no contexto europeu - só assim é possível juntar a proteção do clima, a segurança no fornecimento e a competitividade. Neste contexto, destacam-se, nomeadamente, os Objetivos da UE para 2030 em matéria de clima e energia, que preveem, entre outros, a redução de gases de efeito de estufa e o aumento da eficiência energética. Outro projeto relaciona-se com a reforma do comércio de emissões e, de acordo com uma estratégia-quadro apresentada em 2015, a UE deverá crescer no sentido de uma União da Energia.

Para mais informações:

Informações sobre a transição energética (PDF, 3 MB, em inglês)

Who is who da transição energética na Alemanha (PDF, 7 MB, em inglês)

Conteúdos utilizados

Para início da página