Willkommen auf den Seiten des Auswärtigen Amts

Antes da sua deslocação, hoje para Portugal, a Ministra das Relações Externas Annalena Baerbock proferiu as seguintes palavras:

Ministra das Relações Externas, Annalena Baerbock

Ministra das Relações Externas, Annalena Baerbock, © picture alliance/dpa

03.01.2023 - Artigo

"Não é por acaso que a minha primeira viagem em 2023 me leve a Portugal. Em termos geográficos, Portugal fica situado na ponta mais ocidental da Europa, mas o coração português é profundamente europeu.

A Alemanha e Portugal trabalham lado a lado em muitas questões. Somos parceiros próximos - da UE, da NATO, das Nações Unidas. Queremos unir ainda mais forças para dar melhor resposta, por exemplo, a questões climáticas e de energia.  As temperaturas elevadíssimas, 44,6 °C, registadas em julho passado em Alvega, podem, futuramente, vir a fazer parte do quotidiano de muitas pessoas na Europa. Portugal definiu objetivos ambiciosos no domínio da política energética e ambiental para enfrentar a realidade de verões, cada vez mais secos e quentes. Além disso, Portugal reconheceu desde cedo o papel fundamental que os oceanos desempenham na regulação do clima e na segurança alimentar. Também neste âmbito, podemos aprender um com o outro.  É por isso que o Comissário do Governo Federal em matéria de Proteção do Meio Marinho, Sebastian Unger, me acompanha nesta visita a Lisboa.

Apesar dos mais de 3.000 quilómetros de distância entre Lisboa e Kiev, Portugal mantem-se inabalável no seu apoio à Ucrânia na sua luta pela liberdade. E não só pelo envio de armamento para a Ucrânia, mas também fazendo uso do seu peso no mundo lusófono. A ligação entre as pessoas em Lisboa e Brasília, Luanda ou Maputo constitui uma ponte importante entre a Europa, a África e a América Latina. Os novos ataques aéreos russos nos últimos dias e semanas, que visam deliberada e sistematicamente privar os ucranianos dos seus meios de subsistência, fazem-nos reconhecer o quão importante é - e continua a ser - também em 2023, o apoio internacional à Ucrânia."

Para início da página